O mundo inteiro parou por causa da pandemia do COVID-19. Pesquisas apontam que passamos mais de 90% do nosso tempo no interior de construções. A exposição ao ar poluído de ambientes fechados com elevados níveis de microrganismos nocivos pode causar danos à saúde, além de facilitar a contaminação do novo vírus. Sendo assim, é fundamental que o local esteja limpo com produtos adequados.

Conforme algumas empresas vêm retomando os serviços aos poucos, o comportamento dos usuários também mudou. Hoje em dia, em qualquer ambiente em que chegamos, a primeira preocupação é com a higienização, tanto das nossas próprias mãos, quanto do local. Com isso, a sanitização de ambientes tornou-se indispensável para comércios, empresas e condomínios.

Para que serve a Sanitização de Ambientes?

O novo normal chegou para ficar, especialmente com os hábitos gerados pela pandemia. As compras online, os serviços delivery, o ensino à distância, e o principal: o cuidado com a higiene. Estes são comportamentos que devem permanecer mesmo após a pandemia. Aos poucos as empresas estão retomando seus serviços e precisam atender às normas de higienização e cuidados estabelecidas pelo governo.

Contudo, apenas uma faxina não é o suficiente para conter os fungos, bactérias e vírus presentes nas áreas. Um ambiente, além de parecer limpo, precisa ser devidamente desinfetado para ficar realmente limpo. Contudo, é fundamental que um trabalho de combate maior seja realizado, de limpeza e desinfecção, afinal vassouras e detergentes não eliminam essas ameaças invisíveis.

Higiene Ambiental


Higiene Ambiental é um conceito relacionado com a preservação das condições sanitárias do meio ambiente de forma a impedir que este prejudique a saúde do ser humano.

Desta forma, a higiene ambiental pressupõe cautela em relação aos fatores químicos, físicos e biológicos externos ao indivíduo. Visto que estes fatores podem ter um impacto sobre a saúde, o objetivo da higiene ambiental é prevenir as doenças mediante a criação de espaços saudáveis.

A higiene ambiental deve zelar pela saúde tanto das gerações atuais como das futuras. Algumas áreas de atividade da higiene ambiental são: desinfeção (para controlar bactérias, pragas e organismos prejudiciais para a saúde), fumigação, desinfestação e desratização.

No casa hipotético de um indíviduo verter resíduos tóxicos numa determinada rua, compete ao Estado a limpeza do local dirigindo-se a empresas especializadas em higiene ambiental. Assim, não se permite que indivíduos que passem pelo local adoeçam devido à exposição a esses resíduos.

Conheça a higienização ambiental da Markar.

Terceirização de Limpeza com treinamento, qualidade e foco nos resultados.


Fale com a Markar
Bem vindos ao site da Markar.
Envie sua mensagem e o departamento comercial fará contato brevemente.